Ilha Grande de São Cristóvão

A Ilha Grande é uma ilha brasileira situada no município de São Cristóvão, estado de Sergipe, exatamente no estuário do rio Vaza-Barris, próximo a sua desembocadura no oceano Atlântico.   Possui uma população estimada em setenta pessoas, que vivem basicamente da pesca fluvial e pequena agricultura de sobrevivência baseada na produção de mangas que acontece entre os meses de dezembro, janeiro, fevereiro se estendendo até fins de Abril.   A comunidade já possui energia elétrica mas não possui saneamento básico. Seu único meio de transporte é fluvial entre a Ilha e o continente, o povoado Pedreiras, distante da sede do município sete quilômetros por...


Leia Mais...

Ilha do Paraíso - Viral

Navegando no estuário do rio Vaza Barris sentido sul encontramos a Ilha do Paraíso que é ponto de encontro de diversas famílias que chegam ao local para deliciarem um bom banho de rio. Local aconchegante e com uma baia incrível, que proporciona prática de esportes náuticos com certa segurança, e um pôr do sol sensacional. Como chegar Encontramos no pier localizado na Orla Pôr do Sol (mosqueiro) e também na marina Marisol as embarcações que fazem esse trajeto. Em cinco minutos de navegação vamos transpor a ponte Joel Silveira que liga o município de Aracaju a Itaporanga d'ajuda, uma obra muito bonita. Logo...


Leia Mais...

Crôa do Goré

Um dos belos cartões postais de Sergipe a Crôa do Goré que fica localizada no rio Santa Maria, afluente do rio Vaza Barris, entre o município de São Cristóvão e Aracaju. Essa ilhota é formada quando a maré baixa e exibe sua areia clara e limpa com diversos quiosques feitos com tronco de coqueiro e cobertura de palha para que o visitante possa curtir uma sombra nos dias de muito sol e contando ao seu redor com belíssimomanguezal. Como chegar Diversas embarcações como lanchas, barcos e catamarãs partem do pier localizado na Orla Pôr do Sol (mosqueiro) aonde os visitantes podem escolher...


Leia Mais...
012

Instruções Técnicas

Novos recursos eletrônicos já permitem checar, do celular, até a rotação dos motores. Descubra outras maravilhas

Dest

Na coluna anterior, começamos a demonstrar as tecnologias disponíveis para a sua escolha e, agora, entraremos na parte mais excitante dos novos sistemas: as integrações entre o programas de navegação e os vários recursos externos. Nos sistemas atuais, além da integração de radar, GPS cartográfico e sonda, é possível integrar uma infinidade de recursos.

A primeira integração disponível é a inserção de um maior número de telas – é possível instalar 4, 5 ou mais telas a bordo. Imaginando um layout de 4 telas, o comandante pode escolher utilizar radar e GPS em umas delas, motores e câmeras nas outras. Isto, no comando principal e no flybridge. O mais interessante é que as funções são totalmente personalizáveis e o comandante pode escolher quais serão exibidas, quais devem ter prioridade de exibição nas mais variadas situações, além do tamanho das janelas.

Além disto, os equipamentos podem dispor, ainda, de wi-fi para comunicação com tablets e smartphones. No caso dos displays da Raymarine, é possível visualizar todas as funções como cartografia, radar e sonda, desenhar uma rota de navegação, alterar o alcance do radar, visualizar as câmeras de monitoramento e as informações dos motores, operar a sonda gráfica e até movimentar a câmera térmica. Tudo ao alcance das suas mãos, em qualquer lugar da embarcação e sem fio!

Outra novidade muito recente é a integração dos motores ao sistema de navegação, que permite a visualização dos mais variados dados dos motores, como rotação, pressão de turbo e de óleo, temperatura e muito mais.  Só vale lembrar que para esta comunicação, os motores precisam ter a opção de comunicação digital através dos protocolos J1939 ou NMEA2000.

E para os aficionados por pescaria, a parte de integração revela ótimas surpresas. Hoje, é possível agregar diferentes tipos de sondas gráficas para funcionamento simultâneo, como por exemplo, o sistema da Raymarine que permite unir sonda digital Downvision – que exibe imagens parecidas com fotos -, sonda lateral com cobertura de até 120 graus e sonda digital CHIRP de grande alcance. Todas elas operando simultaneamente e com suas imagens disponíveis em todos os displays de bordo.

O AIS (Automatic Identification System), uma espécie de transponder para identificar as embarcações e alertar sobre a possibilidade de colisão, pode ser incorporado ao sistema e todas as suas informações exibidas nas telas de GPS cartográfico e radar em tempo real.

E para complementar, ainda é possível a instalação de câmeras IP com visualização e gravação de imagens nos displays Raymarine. Resumidamente, um novo mundo de facilidades e tecnologias se abriu para os navegadores, onde praticamente tudo é possível. Basta escolher os equipamentos e funções ideias para cada tipo de embarcação e de navegação.

 

Fonte: www.nautica.com.br

Parceiros




 

Publicidade

Sergipe Náutica

Email : O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Web : www.sergipenautica.com.br

Capitania dos Portos de Sergipe

Endereço: Av. Ivo do Prado, nº 752 - Bairro São José - Aracaju/SE
Telefone:
(79) 3711-1600; 3711-1646; 3711-1647 (FAX)
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Web:
www.cpse.mar.mil.br

Marinha do Brasil