Ilha Grande de São Cristóvão

A Ilha Grande é uma ilha brasileira situada no município de São Cristóvão, estado de Sergipe, exatamente no estuário do rio Vaza-Barris, próximo a sua desembocadura no oceano Atlântico.   Possui uma população estimada em setenta pessoas, que vivem basicamente da pesca fluvial e pequena agricultura de sobrevivência baseada na produção de mangas que acontece entre os meses de dezembro, janeiro, fevereiro se estendendo até fins de Abril.   A comunidade já possui energia elétrica mas não possui saneamento básico. Seu único meio de transporte é fluvial entre a Ilha e o continente, o povoado Pedreiras, distante da sede do município sete quilômetros por...


Leia Mais...

Ilha do Paraíso - Viral

Navegando no estuário do rio Vaza Barris sentido sul encontramos a Ilha do Paraíso que é ponto de encontro de diversas famílias que chegam ao local para deliciarem um bom banho de rio. Local aconchegante e com uma baia incrível, que proporciona prática de esportes náuticos com certa segurança, e um pôr do sol sensacional. Como chegar Encontramos no pier localizado na Orla Pôr do Sol (mosqueiro) e também na marina Marisol as embarcações que fazem esse trajeto. Em cinco minutos de navegação vamos transpor a ponte Joel Silveira que liga o município de Aracaju a Itaporanga d'ajuda, uma obra muito bonita. Logo...


Leia Mais...

Crôa do Goré

Um dos belos cartões postais de Sergipe a Crôa do Goré que fica localizada no rio Santa Maria, afluente do rio Vaza Barris, entre o município de São Cristóvão e Aracaju. Essa ilhota é formada quando a maré baixa e exibe sua areia clara e limpa com diversos quiosques feitos com tronco de coqueiro e cobertura de palha para que o visitante possa curtir uma sombra nos dias de muito sol e contando ao seu redor com belíssimomanguezal. Como chegar Diversas embarcações como lanchas, barcos e catamarãs partem do pier localizado na Orla Pôr do Sol (mosqueiro) aonde os visitantes podem escolher...


Leia Mais...
012

Esportes Aquáticos

A modalidade Freeride do Jet Ski

O freeride no Jet Ski trata-se de uma categoria em que as emoções se encontram nos saltos em ondas e nas manobras ou habilidades que se conseguem realizar.

Em competições oficiais, os pilotos, individualmente, têm alguns minutos para provar o que fazem em meio as ondas. Têm de demonstrar tudo o que sabem perante júris reconhecidos, sendo cada manobra pontuada de zero a dez. "A sensação de fazer freeride é única, pois é uma junção de desporto motorizado com a natureza. Sentir a força das ondas com a potência do jet ski, poder saltar nas ondas e fazer manobras que de outra forma seria difícil, dá uma sensação de liberdade e de felicidade extrema (quando corre bem, claro)", explica Diogo Pina Pereira, vice-campeão nacional de freeride e rider da SIEMENS Racing Team.

Para quem deseja iniciar esta modalidade no esporte, vale salientar que se deve começar por aprender a andar de jet ski nas lagoas, rios e/ou águas calmas, dado que a vertente freeride exige já alguma experiência e autoconfiança. Para isso, primeiro, terá de tratar de alguns pormenores burocráticos, como obter cédula marítima, registar o seu jet e fazer um seguro, como se de um automóvel se tratasse. Estes aspectos são cruciais para "entrar" na água sem correr riscos.

As melhores dicas para começar

De acordo com Luís Centeno Fragoso,  o aspecto da segurança é crucial em todas as modalidades desportivas e o freeride no jet ski não é diferente. Um dos melhores conselhos é "praticar as manobras sempre longe de outros pilotos, banhistas, surfistas, etc.". Mas há mais alguns cuidados a ter, como conta Diogo Pina Pereira:

- Ter o equipamento correto para a prática do freeride, isto é, utilizar sempre capacete, colete, botas e luvas.
- Ter sempre um colega que o deverá acompanhar, para que, em caso de acidente, você possa pedir ajuda.
- Deverá iniciar-se em ondas pequenas para ir ganhando alguma experiência e perícia, sobretudo para aprender a aterrar bem. Só assim se ganha confiança e coragem para voos mais altos e praticar manobras cheias de adrenalina.

As principais manobras

A vertente mais louca do jet ski é, assim, caracterizada por manobras visualmente espectaculares e de dificuldade de realização elevada. As manobras recorrentes não andam muito longe das praticadas ao nível do surf, só que costumam acontecer no sentido oposto à rebentação das ondas, ou seja, de terra para mar. Mas antes de começar a aventurar-se, como explica Luís Fragoso, “convém ganhar experiência de controlo do jet em águas calmas, e só depois passar para as manobras mais ‘arriscadas’ nas ondas.

Confira as mais praticadas:

Water start
Subir a onda o mais rápido possível.

No hander
Quando se tira as mãos do guiador assim que se sobe a onda.

No footer
Aqui são os pés que se afastam do jet.

180º
Dar um 180º e voltar de frente para a praia.

Can can
Tirar os pés do jet colocando o corpo num dos lados durante o salto.

Super man
Afastar os dois pés e elevar o corpo enquanto está no ar.

Nothing
Durante o salto, afasta-se totalmente o corpo do jet e, assim que este alcança o cume, volta-se a segurá-lo.

Seat grab
Só com uma mão no guiador, leva-se a outra ao pé e estende-se totalmente o corpo no ar.

Barrel roll
Uma volta completa de lado.

Back flip
Uma volta completa para trás.

Top turn
Vai-se ao alto da onda, vira-se e volta-se.

Outras disciplinas
Circuito fechado, slalon e endurance são as outras vertentes que compõem o jet ski. A primeira é realizada num percurso previamente definido, ganhando o que o completar em menos tempo. Já nas provas de slalon, contra o relógio, o piloto é obrigado a contornar as bóias e ser o mais rápido a completar o percurso. Por fim, o endurance são provas de longa duração, onde é costume formar-se equipas de dois atletas.

 

Parceiros




 

Publicidade

Sergipe Náutica

Email : O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Web : www.sergipenautica.com.br

Capitania dos Portos de Sergipe

Endereço: Av. Ivo do Prado, nº 752 - Bairro São José - Aracaju/SE
Telefone:
(79) 3711-1600; 3711-1646; 3711-1647 (FAX)
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Web:
www.cpse.mar.mil.br

Marinha do Brasil