Ilha Grande de São Cristóvão

A Ilha Grande é uma ilha brasileira situada no município de São Cristóvão, estado de Sergipe, exatamente no estuário do rio Vaza-Barris, próximo a sua desembocadura no oceano Atlântico.   Possui uma população estimada em setenta pessoas, que vivem basicamente da pesca fluvial e pequena agricultura de sobrevivência baseada na produção de mangas que acontece entre os meses de dezembro, janeiro, fevereiro se estendendo até fins de Abril.   A comunidade já possui energia elétrica mas não possui saneamento básico. Seu único meio de transporte é fluvial entre a Ilha e o continente, o povoado Pedreiras, distante da sede do município sete quilômetros por...


Leia Mais...

Ilha do Paraíso - Viral

Navegando no estuário do rio Vaza Barris sentido sul encontramos a Ilha do Paraíso que é ponto de encontro de diversas famílias que chegam ao local para deliciarem um bom banho de rio. Local aconchegante e com uma baia incrível, que proporciona prática de esportes náuticos com certa segurança, e um pôr do sol sensacional. Como chegar Encontramos no pier localizado na Orla Pôr do Sol (mosqueiro) e também na marina Marisol as embarcações que fazem esse trajeto. Em cinco minutos de navegação vamos transpor a ponte Joel Silveira que liga o município de Aracaju a Itaporanga d'ajuda, uma obra muito bonita. Logo...


Leia Mais...

Crôa do Goré

Um dos belos cartões postais de Sergipe a Crôa do Goré que fica localizada no rio Santa Maria, afluente do rio Vaza Barris, entre o município de São Cristóvão e Aracaju. Essa ilhota é formada quando a maré baixa e exibe sua areia clara e limpa com diversos quiosques feitos com tronco de coqueiro e cobertura de palha para que o visitante possa curtir uma sombra nos dias de muito sol e contando ao seu redor com belíssimomanguezal. Como chegar Diversas embarcações como lanchas, barcos e catamarãs partem do pier localizado na Orla Pôr do Sol (mosqueiro) aonde os visitantes podem escolher...


Leia Mais...
012

Dica da Semana

Nós e Amarrações, são muitos e variados

nó2-620x350

São muitos e variados os tipos de nós e amarrações. Para cada necessidade existe um nó indicado e altamente funcional. Em se tratando de náutica, marinha e navegação, a matéria nós e amarrações é uma tradição muito antiga.

Além disso, grupamentos táticos de salvamentos do corpo de bombeiros e outros corpos de resgate, além de velejadores e montanhistas, conhecem e utilizam uma série variada de nós em suas atividades de campo.

Quem navega sabe do valor da segurança no mar. Essa segurança pode significar a diferença entre a vida e a morte. Por isso, mesmo o capitão Jonas Emmanuel Benghi Pinto, do Segundo Subgrupamento de Bombeiros Independente (2° SGBI), destaca que “é de fundamental importância o conhecimento de algumas técnicas de nós e amarrações. Quem navega deve conhecer o nó fiel, o lais de guia, o de escota e a azelha simples”.

O uso correto e o conhecimento de alguns nós pode significar o sucesso de um passeio. Atenção especial para aqueles nós utilizados para as amarras das embarcações. Uma embarcação, mesmo tendo sua âncora jogada ao mar ainda precisa estar, quando possível, fixada através de um nó a um cais. E isso demanda o conhecimento de alguns nós.

O grupo de escoteiros do capitão Bressane, do Rio Grande do Sul, detalha em sua página na internet o tipo de uso para cada nó. O grupo destaca que um nó bem feito deve ser simples e apertar a medida que o esforço sobre ele aumentar e ter facilidade em ser desatado.

O nó de escota, por exemplo, serve para unir dois pedaços de corda de bitola ou materiais diferentes; já o lais de guia, também conhecido como nó de salvação simples ou cadeira alpina, serve para fazer resgates, passando-o pelas axilas do resgatado, que pode ser içado ou deslocado. A azelha é um nó de travamento semelhante ao nó simples. Já o nó fiel serve para amarrar um cabo a um suporte fixo, sendo esse um dos mais utilizados em embarcações.

Atualmente, aprender nós e amarrações é mais fácil e acessível do que parece. Se antes existiam os quadros decorativos com pedaços de corta dispostos como os principais nós usados, hoje qualquer site na internet pode ensinar de maneira bem didática a realizá-los sem complicação. Os grupos de escoteiros e escolas náuticas geralmente também possuem um instrutor especializado.

Fonte: Marina Boat

Parceiros




 

Publicidade

Sergipe Náutica

Email : O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Web : www.sergipenautica.com.br

Capitania dos Portos de Sergipe

Endereço: Av. Ivo do Prado, nº 752 - Bairro São José - Aracaju/SE
Telefone:
(79) 3711-1600; 3711-1646; 3711-1647 (FAX)
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Web:
www.cpse.mar.mil.br

Marinha do Brasil